Ao abrir o negócio próprio, uma das principais dificuldades enfrentadas pelos empreendedores é encontrar mão de obra qualificada. Segundo pesquisa da consultoria ManpowerGroup, 43% dos empresários brasileiros têm problemas quando vão tentar preencher uma vaga para a sua empresa, especialmente para cargos técnicos e de gestão e nas áreas de engenharia, tecnologia da informação e finanças.

A falta de profissionais qualificados afeta as empresas de diferentes formas. Os entrevistados pela consultoria afirmam que as consequências mais comuns são baixa produtividade, falta de criatividade e pouca proatividade. Com isso, sobra para os clientes, que acabam sendo atendidos de maneira insatisfatória.

Apesar de ser um problema global, é possível encontrar algumas cidades que oferecem maior proporção de pessoas com ensino superior completo e cursado em instituições de ensino que oferecem graduações com alto índice de avaliação.

Levantamento feito pela Endeavor, organização de apoio ao empreendedorismo inovador, com 32 cidades brasileiras mostra que alguns municípios têm maior concentração de mão de obra qualificada. É o caso de Florianópolis, capital de Santa Catarina, que lidera o ranking.

A cidade catarinense tem 28,4% da população adulta com, pelo menos, ensino superior completo e, dentre os que possuem nível superior, 53% foram formados em cursos com notas quatro ou cinco do Enade, as maiores avaliações possíveis. Uma das explicações, segundo a Endeavor, estaria na concentração de universidades com quadro docente formado por, predominantemente, mestres e doutores.

Em média, as 31 cidades pesquisadas têm apenas 15,9% dos adultos com, no mínimo, nível superior e, dentre os concluintes, só 21,3% que terminaram a graduação em cursos com as maiores notas do Enade.

Confira abaixo quais são as dez cidades que se destacam por oferecer mão de obra qualificada. A lista completa está disponível no site da Endeavor, na pesquisa Índice de Cidades Empreendedores de 2016.

Mão-de-obra qualificada

Ranking da Endeavor mostra as dez cidades brasileiras com o maior índice de mão de obra qualificada. Confira:

Cidade Índice % de adultos com, pelo menos, ensino superior completo % de concluintes em cursos superiores de alta qualidade (notas 4e 5 do Enade) Custo médio de salários de dirigentes
Florianópolis 9,20 28,4% 53,0% R$ 5.018
Vitória 7,50 24,0% 33,6% R$ 5.444
Porto Alegre 7,26 17,4% 41,4% R$ 6.244
Belo Horizonte 7,06 15,8% 29,8% R$ 5.531
Natal 7,00 12,8% 33,7% R$ 3.238
Maringá 6,99 20,1% 24,4% R$ 4.000
Fortaleza 6,77 11,5% 29,1% R$ 3.509
Uberlândia 6,46 14,8% 29,4% R$ 4.448
Rio de Janeiro 6,41 18,0% 25,8% R$ 8.576
Recife 6,25 15,7% 18,6% R$ 8.576
Fonte: Índice de Cidades Empreendedores (2016)

Fonte: Gazeta do Povo.