Representantes da OAB Paraná e da Defensoria Pública se reuniram ontem (18), no Edifício Maringá, com lideranças da população em situação de rua de Curitiba. O encontro teve como objetivo ouvir as demandas do grupo. As instituições estudam um projeto que propõe a conscientização, o monitoramento e a prevenção da violação de direitos dessa população.

Um dos pontos discutidos foi a elaboração de um diagnóstico com a população em situação de rua, bem como dos equipamentos públicos e privados de atendimento ao grupo. “Temos que perceber que o problema da população em situação de rua também é nosso, cobrar efetividade das políticas públicas e dos equipamentos que fazem o atendimento, pois o caminho para emancipa-los há de ser da promoção e efetivação de direitos”, afirmou o presidente da Comissão da Criança e do Adolescente da OAB Paraná, Anderson Rodrigues Ferreira.

A presidente da Comissão de Estudos Sobre Violência de Gênero (CEVIGE), Sandra Lia Barwinski, destacou que num primeiro momento a ideia é ouvir e compreender as necessidades dessa população para que suas demandas sejam atendidas. “Uma vez elaborado o relatório, nós teríamos um material muito rico para propor soluções”, afirmou.

As reuniões terão continuidade na próxima semana, com a análise das proposições de forma detalhada e alinhada entre as instituições e demais parceiros. Estiveram presentes na reunião representantes do Conselho Regional de Psicologia, Movimento Popular de Rua, Movimento Social da Igreja Anglicana e Pastorais da Igreja Católica.

Fonte: OABPR.